discount

Contos Profanos

Aldino Muianga

Sinopse

A colectânea “Contos Profanos” do escritor Aldino Muianga constitui-se como um repositório de experiências prevalentes nos microcosmos que são as comunidades rurais e peri-urbanas deste grande país que é Moçambique, nos seus diferentes contextos tradicionais, sócio-culturais, económicos e políticos.
Em número de catorze, as histórias discorrem sobre microtemas, que vão da feitiçaria até à crença fatalista do destino do Homem; do questionamento sobre o impacto dos valores culturais importados, até às soluções reais para a superação de letígios individuais e colectivos.
Cada uma das narrativas aborda uma faceta particular do complexo social, embora não se distancie de problemas que se lhe interligam. É disso exemplo o texto “Zara, a feiticeira de Gara-Nkuwa” onde a problemática da feitiçaria é nos trazida como resultado duma vingança, e onde o mistério da encarnação se considera uma probabilidade. Dúvidas sobre os valores da evangelização e o conflito entre culturas são manifestas no conto “Os excomungados“. A degradação de valores éticos e morais é a tónica em “O relatório” e “A Dona F”.
Ao lado daquelas histórias que abordam a face menos harmoniosa na convivência entre os habitantes daqueles territórios, existe o exemplo de que a sociedade pode, sempre que assim o desejar, achar uma plataforma onde se conciliem diferenças, ou vias através das quais a tolerância seja um ponto de partida para vidas mais prósperas e equilibradas (“A chave” e “Trinta anos depois”).