1.ª Dama incentiva mulheres a apostar na alfabetização

A PRIMEIRA – DAMA de Moçambique, Isaura Nyusi, encorajou as mulheres da província de Nampula a continuarem a explorar>>

A PRIMEIRA – DAMA de Moçambique, Isaura Nyusi, encorajou as mulheres da província de Nampula a continuarem a explorar as oportunidades oferecidas pelo Governo para a contínua alfabetização a fim de que contribuam ainda melhor no processo de desenvolvimento do país.
A esposa do Presidente da Republica proferiu estas palavras num encontro que manteve com mulheres de diferentes estratos sociais e de vários credos religiosos, no âmbito da visita que iniciou ontem àquela província do norte do país.
Para Isaura Nyusi, só alfabetizadas é que as mulheres poderão estar em condições de dar uma contribuição efectiva em todas as vertentes da vida como, por exemplo, no acesso a recursos produtivos, ao capital financeiro e à terra e ainda à legalização de organizações femininas de rendimento.
“Assegurados vários leques de oportunidades, estaremos em melhores condições de assumir em a dianteira na gestão da família e em colaboração com o nosso parceiro conjugal”, frisou.
Na ocasião, a esposa do Chefe do Estado manifestou a sua preocupação em relação à violência domestica que é vivida nas famílias moçambicanas e mostrou igualmente inquietude para os casamentos prematuros e para os cancros do colo e do útero e da mama.
“Temos que intensificar o nosso trabalho de forma árdua porque só nos, com a nossa firmeza, é que podemos ter a capacidade de transformar esta sociedade”, sublinhou.
Lembrou que ontem se lançou, a nível nacional e internacional, a campanha pelos 16 Dias de Activismo Contra a Violência à Mulher e a rapariga e apelou aos homens e mulheres para que pautem pela honestidade e serem tolerantes, pacientes e mais amigos ao abordar este problema social.
A Primeira-Dama, que se encontra em Nampula até domingo para se inteirar dos problemas que afectam a população local e interagir com diferentes grupos sociais para junto identificarem solução, visitou ainda ontem o infantário provincial.
A Instituição, sob tutela do Governo, dá assistência a crianças órfãs e vulneráveis, garantindo-as educação e formação até à fase adulta.
Hoje, Isaura Nyusi vai participar na acreditação da maternidade modelo do Centro de Saúde 25 de Setembro, como resultado do bom empenho dos profissionais daquela unidade sanitária.
“Este é um ganho para as mulheres da província de Nampula ao garantir um parto seguro, contribuindo deste modo para a redução dos índices das taxas de mortalidade materno-infantil no nosso país”, destacou, apelando à intensificação dos cuidados de saúde como formas de evitar a proliferação de doenças endémicas como as diarreias, cólera e malária, numa altura em que o país já está no período chuvoso.
Fonte:Jornal Noticias, 26 de Novembro de 2015.Pág.5