Estou satisfeita com o resultado

REGRESSADOS à capital provincial procuramos aquela que Estevão Chissale disse ter sido a treinadora que lhe preparou para apresentar a mensagem… >>

REGRESSADOS à capital provincial procuramos aquela que Estevão Chissale disse ter sido a treinadora que lhe preparou para apresentar a mensagem. Chama-se Irene Vahocha, da Repartição de Desporto e Saúde Escolar.
Visivelmente satisfeita, revelou que dos 12 alunos que passou a treinar com esse fim acabou ficando com o Estevão, que foi resistindo à ceifa e cedo percebeu que se tratava de quem se deveria contar, não só naquela cerimónia, mas em muitos pontos da sua própria aprendizagem.
Segundo diz o próprio, passado algum tempo descobriu que a Dra. Irene lhe dava muita atenção e quase que passou a viver na sua casa, no bairro de expansão, onde os exercícios de leitura eram incessantes, sobretudo a contar com alguns factos que em publico poderiam criar problemas de ordem psicológica, provocando um nervosismo desnecessário.
“Ficou minha mãe nestes meses e essa relação contagiou a família toda”, diz o menino, que nos dá depois as indicações de como localizá-la na cidade de Pemba.
Para Irene Vahocha, foi bom que a crítica considerou a cerimónia muito bem conseguida, porque os organizadores andavam todos ocupados, com nervos à flor da pele, e nada indicava que algo estivesse a sair bem.
“Estou satisfeita com o resultado não só da prestação do “meu filho” como também do meu desenho da cerimónia de abertura e de enceramento. Ganhamos todos, independentemente dos resultados desportivos obtidos pela Província, que em devido tempo teremos de analisá-los”.
Fonte:Jornal Noticias Quarta-feira, 9 de Setembro de 2015. Pág.2