Jorge Ferrão enaltece participação comunitária

O MINISTRO DA Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrăo,que recentemente trabalhou na província de Manica>>

O MINISTRO DA Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrăo,que recentemente trabalhou na província de Manica, destacou a grande contribuição que os pais e encarregados de educação neste ponto do país têm dado ao seu sector, através da sua activa participação na construção de edifícios escolares.

O governante mencionou vários exemplos da contribuição no processo, salientando os casos da Escola secundária de jécua, no distrito de Manica, onde as comunidades contribuíram com mais de 850 mil meticais para a construção de um edifício, no âmbito dos esforços visando a ampliação daquele estabelecimento de ensino e, desta forma, aumentar a capacidade de absorção de estudantes.

Falando no decurso de uma reunião do balanço com os directores distritais de Educação, juventude e tecnologia, gestores escolares, professores e pessoal não docente, Jorge Ferrão disse ser desafio de todos trabalhar no sentido de expandir a rede escolar, disponibilizar mobiliário e melhorar, continuamente, o processo de ensino e aprendizagem.

Desafiou os presentes para serem actores primários para o alcance destes objectivos, sublinhando ser tarefa de cada dirigente e funcionário do sector da Educação trabalhar no sentido de responder às solicitações das comunidades no capítulo educacional.

O titular da pasta da Educação e desenvolvimento Humano explicou que a Escola Secundária de jécua está a erguer um edifício para a ampliação da sua capacidade, onde os pais e encarregados de educação desembolsaram, para o efeito, mais de 850 mil meticais.

Referiu que na Escola Primária do 1º e 2º grau 7 de Abril foi construído o muro de vedação através das contribuições dos pais e encarregados de educação, o mesmo que aconteceu na Escola Secundária Eduardo Mondlane onde as comunidades construíram uma biblioteca escolar, sala dos professores e respectivo muro de vedação.

ʻʻ O funcionamento de conselhos de escola é algo impressionante, uma lição que creio que é para todo o país. Os pais assumiram que a escola lhes pertence são seus filhos, familiares que estão presentes na escola. Mas não é apenas uma presença física, económica e de aconselhar, porque eles dão as linhas mestras de como trabalhar e isso me impressionou bastanteʺ, afirmou Jorge Ferrão.

Em Manica, o ministro visitou a Escola Secundária de chinhamapere,ʻʻ primária de 1º e 2º grau de jécuaʺ e secundária do mesmo nome, Samora Machelʺ e primária 7 de Abril, na cidade de chimoio.